06/04/2018
  • Google+
  • LinkedIn

O que funciona na gestão jurídica?


Como os escritórios e os departamentos jurídicos podem melhorar a eficiência e aumentar sua produtividade?

Por Galeria de Comunicações
 
O momento econômico, político e jurídico que vivemos está muito turbulento e, pior, ainda precisamos ganhar eficiência, aumentar a produtividade, gerenciar os riscos de forma assertiva e reduzir os custos... Ufa! Neste cenário, conhecer novas ideias e modelos que já estão dando certo é uma ótima saída. Mas o que está dando certo?
 
Perguntamos para alguns dos consultores mais renomados do mercado jurídico e, dentre várias respostas, conseguimos encontrar uma solução que foi unânime entre eles: Controladoria Jurídica.
 

“A Controladoria Jurídica possui diversas funções, todas ligadas à gestão jurídica do escritório ou departamento jurídico. A definição e o estabelecimento de fluxos e procedimentos corretos e atualizados fazem não só o advogado de uma área e líder de um contrato ganhar eficiência, mas o time jurídico como um todo. Um dos principais benefícios é o ganho com eficiência (agilidade nos fluxos jurídicos) e redução de custos por conta daquela fatia de tempo que não é mais desperdiçada, logo há uma significativa redução de custos nos resultados”, afirma o consultor Adnilson Hipólito, Sócio Fundador da Hipólito Consultores e Gestão Legal,   que irá palestrar sobre “Condições e Rendimentos Favoráveis como um dos Resultados da Controladoria”.


Adnilson Hipólito, Sócio Fundador da Hipólito Consultores e Gestão Legal

A Controladoria Jurídica visa extrair informações gerenciais jurídicas das informações processuais. “Então, além disso, o primeiro olhar da Controladoria é conhecer as atividades da operação jurídica e tentar traçar métricas de qualidade, controle, faróis, etc. É ter meta para extrair dela informações gerenciais. É comum ter metas para uma área e indicadores, procedimentos e, o jurídico, estar sempre fora. É integrar o jurídico como uma célula importante da empresa” , explica a especialista  Simone Viana Salomão, Sócia da Totvs JuriTIs,  que irá palestrar no evento Controladoria Jurídica: como melhorar o desempenho e aumentar a produtividade na advocacia.



Simone Viana Salomão, Sócia da Totvs JuriTIs

“Os principais benefícios da Controladoria Jurídica são um aumento da produtividade na ordem de pelo menos 100% (o dobro), mais qualidade, segurança e efetividade na gestão do core business jurídico, e ainda a viabilização dos indicadores de desempenho. A Controladoria Jurídica é a ferramenta de gestão com o maior potencial de aumento do lucro nos escritórios de advocacia. Não há nenhuma outra ferramenta que tenha esse impacto na gestão jurídica”, ressalta Samantha Albini consultora e palestrante do evento que irá tratar sobre “A Interação entre a Controladoria Jurídica e o Setor Técnico”.
 


Samantha Albini - Fundadora e Franqueadora da Radar Gestão para Advogados
 
“Atualmente, a Controladoria Jurídica é setor indispensável a um escritório de advocacia que pretenda se organizar em busca de qualidade, eficiência e confiabilidade do serviço que entrega aos clientes. Seja qual for o porte do escritório a controladoria proporciona ao advogado maior qualidade de tempo e condições para desenvolvimento de sua função dentro do escritório, entregando um serviço mais adequado ao cliente”, finaliza José Nilton de Alcântara, Diretor da Intelijur.


 

José Nilton Alcantara - Diretor da InteliJur



José Nilton de Alcântara - Diretor da InteliJur - Inteligência Jurídica. Diretor-Presidente do FDJUR (Fórum de Departamentos Jurídicos). Professor da FGV no LLM de Direito Empresarial (Management - Gestão de Serviços Jurídicos). Professor convidado da GV Direito (Administração de Contencioso de Massa). Membro da Comissão Especial da Advocacia Corporativa da OAB Federal. Advogado e Administrador de Empresas. Professor convidado e palestrante em diversas universidades, empresas e cursos como: FGV, GV Direito, PUC-RS, IBMEC e UNISINOS. Especializado em Gestão Empresarial, Gestão de Pessoas, Marketing e Gerenciamento de Projetos pela FGV - Fundação Getúlio Vargas, Comércio Exterior e Marketing Internacional pelo Centro Interamericano de Comercialização/ OEA e Pós-graduado em Direito Civil e Processo Civil pela Universidade Estácio de Sá.

InteliJur é uma empresa de informação e relacionamento focada no mercado jurídico. Por intermédio do portal, reune advogados de empresas (FDJUR), advogados de escritórios e prestadores de serviços, com notícias, informações e pesquisas. Através do Diretório Jurídico é possível que os departamentos jurídicos ou outros advogados interessados em prestadores de serviços jurídicos encontrem os escritórios com perfil ideal para contratação. Eles podem selecionar o perfil do escritório selecionado por localização, porte do escritório, áreas jurídicas de atuação e até por setores da economia que o escritório tenha expertise.

FDJUR – Fórum de Departamentos Jurídicos – é o maior e mais completo fórum de relacionamento e discussão de boas práticas na gestão de departamentos jurídicos do País. Foi criado há dez anos como uma associação sem fins lucrativos e exclusiva para profissionais de departamentos jurídicos. Por intermédio de ampla rede de contatos, interage com mais de 10.600 profissionais de departamentos jurídicos em 4.887 empresas. Tem a missão de estimular e promover debates, estudos e pesquisas; investir no conhecimento técnico, além de valorizar, reconhecer e premiar as boas práticas de gestão na área.

Uma área de informações relevantes ao advogado interessado em aprimorar seus conhecimentos em gestão.

Participe

Oportunidades

Boletins Informativos