20/08/2019
  • Google+
  • LinkedIn

Controladoria Jurídica é peça fundamental para inovação e reinvenção de escritórios e departamentos jurídicos

Por Galeria de Comunicações
 
Mensurar o tempo efetivo de trabalho dos advogados lançando mão de controles de timesheet, avaliar os gastos com um processo por fluxo de trabalho, analisar o custo de determinado cliente em relação à estrutura utilizada, e estruturar estratégias de ação são apenas alguns dos benefícios alcançados por meio da implantação de uma controladoria jurídica eficiente.
 
Em um cenário extremamente competitivo como o atual, onde a presença de stakeholders se torna cada vez mais comum, a atuação do jurídico no controle dos reflexos financeiros tem conquistado espaço como um diferencial de rentabilidade dentro das organizações. A Controladoria Jurídica será o foco central do seminário organizado pela Intelijur*, no dia 27 de agosto, no Maksoud Plaza Hotel (Rua São Carlos do Pinhal, 424), localizado no bairro da Bela Vista, em São Paulo.
 
“O ideal é acompanhar a inovação cultural e se reinventar, não é dando as costas para ela que o escritório jurídico irá melhorar ou avançar; pelo contrário, terá os dias contados”, analisa Adnilson Hipólito, consultor especialista em Gestão Legal e diretor da Hipólito Consultores, que participará do painel “A Gestão da Controladoria Estratégica x Jurídica”. “No escritório Fonsatti, Franzin & Advogados Associados, um dos nossos clientes, ocorreu uma redução do corpo jurídico em 20%, com a mesma produtividade em períodos similares.”
 
A atuação da Controladoria Jurídica não deve se restringir apenas ao controle de fluxos, custos, contencioso e processos, nem somente ao acompanhamento do centro de custo de cada uma das áreas.
 
Independente do tamanho da empresa ou de sua estrutura ser interna ou externa, é imprescindível que haja o conhecimento do fluxo das informações e das políticas internas de contabilização para a implantação de uma efetiva Controladoria. “O funcionamento da Controladoria Jurídica envolve o conhecimento e gestão direta ou indireta de todos os efeitos financeiros das atividades jurídicas”, aponta Fernando Colognesi, sócio da Colognesi & Pontes Advogados e que participará o painel “Objetivos e Desafios da Controladoria Jurídica”.
 
“A atuação efetiva do jurídico no controle dos reflexos financeiros pode ser diferencial de rentabilidade entre as organizações”, conclui o advogado, que tem experiência de 22 anos em Controladoria e Gestão de Departamentos Jurídicos em grandes grupos multinacionais, como Pirelli e Fiat. Os interessados em participar do evento podem obter mais informações por meio do e-mail eventos@intelijur.com.br; do telefone (11) 5041-8317.
 
Intelijur é uma empresa de informação e relacionamento focada no mercado jurídico. Por intermédio do portal, reúne advogados de empresas (FDJUR), advogados de escritórios e prestadores de serviços, com notícias, informações e pesquisas. Através do Diretório Jurídico é possível que os departamentos jurídicos ou outros advogados interessados em prestadores de serviços jurídicos encontrem os escritórios com perfil ideal para contratação. Eles podem selecionar o perfil do escritório selecionado por localização, porte do escritório, áreas jurídicas de atuação e até por setores da economia que o escritório tenha expertise.

FDJUR – Fórum de Departamentos Jurídicos – é o maior e mais completo fórum de relacionamento e discussão de boas práticas na gestão de departamentos jurídicos do País. Foi criado há dez anos como uma associação sem fins lucrativos e exclusivos para profissionais de departamentos jurídicos. Por intermédio de ampla rede de contatos, interage com mais de 10.600 profissionais de departamentos jurídicos em 4.887 empresas. Tem a missão de estimular e promover debates, estudos e pesquisas; investir no conhecimento técnico, além de valorizar, reconhecer e premiar as boas práticas de gestão na área.