15/06/2018
  • Google+
  • LinkedIn

Congresso vai eleger os vencedores do Prêmio Melhores Práticas na Gestão de Departamentos Jurídicos 2018

Por Galeria de Comunicações

Já estão abertas as inscrições para quem deseja assistir ao Congresso das Melhores Práticas na Gestão de Departamentos Jurídicos 2018, a ser realizado na capital paulista, em 27 de setembro. O Congresso faz parte do Prêmio Melhores Práticas na Gestão de Departamentos Jurídicos, que está em sua quarta edição anual e é promovido pela InteliJur – Inteligência Jurídica em parceria com o FDJUR – Fórum de Departamentos Jurídicos. Durante o Congresso, os dez projetos de departamentos jurídicos melhor avaliados pela banca julgadora serão apresentados ao público, que poderá conhecer os diferenciais que os tornaram finalistas do Prêmio e votar para eleger os três vencedores, a serem consagrados em cerimônia a ser realizada em novembro.




“O Prêmio visa distinguir os melhores projetos desenvolvidos pelos jurídicos de empresas dentro do cenário nacional, valorizando o trabalho dos profissionais da área e promovendo a troca de experiências e conhecimentos”, explica José Nilton Cardoso de Alcântara, diretor da Intelijur, observando que a banca examinadora é composta por 39 nomes consagrados de profissionais de departamentos jurídicos, executivos de empresas, consultores e advogados de escritório. “É uma banca multidisciplinar”, ele complementa. Eles avaliaram critérios como eficiência, criatividade e facilidade de implementação e controle dos trabalhos desenvolvidos pelos departamentos jurídicos finalistas. Conforme Alcântara, a nota da banca tem peso sete na eleição final e a do público, peso três.

Em ordem alfabética, os dez cases a serem apresentados durante o Congresso são os do Agibank, que mostrará como utilizou a tecnologia para obtenção de subsídios; da Amil, que abordará suas estratégias de conciliação; da Associação Paranaense de Cultura – APC, com videoaulas de curta duração com foco nas orientações jurídicas; do Sicredi, que levará resultados em duas áreas: aplicação de técnicas de startups na gestão de departamento jurídico consultivo e como unificou registros de consultas jurídicas com automação de SLA, além de extração de estatísticas em departamento jurídico consultivo; do Banco Santander, com o case MDJ – Motor de Decisão Jurídica; da Leroy Merlin, com implantação de assinatura digital; da Tigre, apresentando o case jurídico moderno com visão de resultado; da Unimed Porto Alegre, com o case atualização automatizada dos contratos, assinatura digital e arquivamento eletrônico; e da Usina Colombo, com o case integrar para prevenir, controlar e economizar.


Mais cases inscritos

O diretor da InteliJur afirma que neste ano cresceu o número de empresas participantes, bem como o de cases inscritos na premiação. “Recebemos um total de 42 cases de 31 empresas”, ressalta Alcântara. Cada empresa pode participar com até três cases e isso explica a participação do Sicredi, uma cooperativa da área financeira, com dois cases finalistas.
Dentro dos critérios avaliados pela banca julgadora no quesito eficiência, destacam-se a conjugação de rapidez, qualidade e efetividade na solução dos conflitos;
a otimização de recursos internos; e o aumento da produção e redução de custos. Já no quesito criatividade têm peso relevante o uso inusitado dos recursos disponíveis para melhorar e/ou aperfeiçoar o processo de gestão; a inserção de novos processos; o grau de simplicidade na implementação e no desenvolvimento da experiência apresentada; e a capacidade de inovação da experiência apresentada. Em facilidade de implementação e controle, o peso maior recai na potencial capacidade de disseminação da prática ou de um conjunto de práticas; na satisfação do usuário; e na observação e mensuração da satisfação individual.

O Congresso das Melhores Práticas na Gestão de Departamentos Jurídicos 2018 será realizado no dia 27 de setembro, no Hotel Maksoud Plaza, na capital paulista, das 9h às 18h. Já o primeiro, segundo e terceiro colocados serão conhecidos na cerimônia do Prêmio Melhores Práticas na Gestão de Departamentos Jurídicos, no dia 28 de novembro, a ser realizada também em São Paulo.




 
A Intelijur é uma empresa de informação e relacionamento focada no mercado jurídico. Por intermédio do portal, reúne advogados de empresas (FDJUR), advogados de escritórios e prestadores de serviços, com notícias, informações e pesquisas. Através do Diretório Jurídico é possível que os departamentos jurídicos ou outros advogados interessados em prestadores de serviços jurídicos encontrem os escritórios com perfil ideal para contratação. Eles podem selecionar o perfil do escritório selecionado por localização, porte do escritório, áreas jurídicas de atuação e até por setores da economia que o escritório tenha expertise.

O FDJUR – Fórum de Departamentos Jurídicos – é o maior e mais completo fórum de relacionamento e discussão de boas práticas na gestão de departamentos jurídicos do País. Foi criado há dez anos como uma associação sem fins lucrativos e exclusiva para profissionais de departamentos jurídicos. Por intermédio de ampla rede de contatos, interage com mais de 10.600 profissionais de departamentos jurídicos em 4.887 empresas. Tem a missão de estimular e promover debates, estudos e pesquisas; investir no conhecimento técnico, além de valorizar, reconhecer e premiar as boas práticas de gestão na área.

Uma área de informações relevantes ao advogado interessado em aprimorar seus conhecimentos em gestão.

Participe

Oportunidades

Boletins Informativos